Loader Image

NOTÍCIAS

Laboratório Coral de Itajubá faz edição especial virtual

Encontros marcados pela emoção e pela paixão em comum: o canto coral. Assim foram os últimos meses de cantores, preparadores vocais, arranjadores e regentes que participaram do Laboratório Coral de Itajubá 2020 – Edição Especial Virtual. O resultado foi a apresentação de um vídeo com um arranjo para a canção “Sementes do Amanhã”, de Gonzaguinha, veiculado nas redes sociais do Laboratório Coral e do Curso G9, que apoia o evento.

 

“Apesar das dificuldades causadas pelo distanciamento social, o Laboratório Coral de Itajubá reinventou-se e criou um lindo espetáculo virtual”, disse o maestro Amaury Vieira, coordenador geral do evento. “Uma centena de cantores e profissionais do canto coral, de várias cidades brasileiras, criaram um belo vídeo com a canção do Gonzaguinha. Com isso, estivemos presentes na arte e na cultura itajubenses neste momento de necessário isolamentos social”, completou.

 

“O Curso G9 reconhece que desafio, criatividade, confiança, disponibilidade, superação, persistência e esperança são as sete notas da harmonia entre educação e cultura, presentes no Laboratório Coral de Itajubá, o grande incentivador musical de nossa sociedade e um belo exemplo a nossos jovens a fim de que não deixem de sonhar”, disse a diretora pedagógica do Curso G9, professora Maria Aparecida Fernandes.

 

De acordo com o maestro, todas as atividades foram feitas por meio das plataformas virtuais. “Foram encontros para definição das atividades, ensaios, preparação vocal e até mesmo para trocar ideias e matar a saudade de pessoas tão queridas que sempre participaram das edições presenciais do Laboratório Coral”, destacou.

 

“Quero agradecer à direção do Curso G9 pelo suporte e apoio administrativo e artístico, em momento tão urgente para a arte, a educação e a cultura brasileiras”, disse Amaury Vieira.

 

Participaram da equipe de elaboração do Laboratório Coral de Itajubá 2020 – Edição Especial Virtual os seguintes profissionais: Eduardo Fernandes – maestro e cantor; Zeca Rodrigues – maestro e cantor; Eduardo Lakschevitz – maestro, arranjador e cantor; Cezar Elbert – arranjador instrumental; Francis Padilha – preparador vocal e cantor; Reynaldo Puebla – diretor cênico e de imagens; Ana Abe – assistente de direção e figurinos; Gustavo Godoy – editor de áudio e coordenação; Rafael Faria – editor de vídeo e coordenação; Bill Souza – artes gráficas; Ediléia Ribeiro Santiago – secretaria executiva e coordenação; e Amaury Vieira Fernandes – Coordenação Geral.

Leia Mais
...
30 de julho de 2020

Laboratório Coral de Itajubá faz edição especial virtual

Laboratório Coral de Itajubá realiza encontro online em julho

A utilização de plataformas digitais para um encontro de coralistas pretende manter acesa a chama do Laboratório Coral, evento tradicional de canto coral que reúne cantores de todo o Brasil. Isso porque a 30ª edição do evento, que aconteceria no próximo mês em Itajubá, foi prorrogada para julho 2021. O Laboratório Coral tem apoio do Curso G9.

 

“Diante desse cenário de isolamento social, decidimos pela prorrogação do evento por uma questão de segurança para todos, em especial, para parte de nosso público-alvo, que faz parte do grupo de risco da Covid-19”, explicou o coordenador geral do evento, maestro Amaury Vieira. “Para não haver descontinuidade desse importante evento, em especial aos participantes e amantes do Canto Coral, chegamos à conclusão de que seria benéfico para todos a realização de encontros via plataformas digitais”, completou.

 

De acordo com o maestro, já foram feitas reuniões virtuais com professores, preparadores cênicos e vocais e com os alunos. “Todos estávamos ansiosos pelo encontro. Tanto que as cem vagas disponíveis foram preenchidas em menos de 24 horas”, ressaltou. São cantores de vários estados, como Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rondônia, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Também há inscritos dos Estados Unidos, Chile e Paraguai.

 

Amaury Vieira destacou ainda que todas as atividades serão feitas em plataformas virtuais. O grupo irá trabalhar a canção “Semente do Amanhã”, do cantor e compositor Gonzaguinha. O trabalho terá apoio do produtor musical de São Paulo, Cézar Helbert. “Todos os profissionais estão fazendo essa ação em prol do Laboratório Coral, de forma gratuita. As gravações serão feitas na casa de cada um dos participantes. As cenas serão dirigidas por Reinaldo Puebla”, disse. Haverá uma apresentação virtual, ao final do encontro, em 25 de julho, às 20h.

 

O encontro 2020 do Laboratório Coral contará com o trabalho voluntário dos seguintes profissionais: Eduardo Fernandes (São Paulo), Eduardo Lakschetivz (Rio de Janeiro) e Zeca Rodrigues (Minas Gerais). O preparador vocal será o Francis Padilha (Rio Grande do Sul); os músicos instrumentistas: Rafael Faria (Itajubá) e Gustavo Godói (São Paulo); o diretor cênico será o Reinaldo Puebla, com assessoria de direção de Ana Abe; Ediléia Ribeiro Santiago e Amaury Fernandes na coordenação geral.

 

LABORATORINHO CORAL

Também a 5ª edição do Laboratorinho Coral, que aconteceria simultaneamente à 30ª edição do Laboratório Coral, foi prorrogada para julho de 2021. “Não há condições técnicas para a sua realização até porque as aulas do ensino regular estão suspensas – no ano passado, utilizamos o espaço das escolas públicas e particulares para os ensaios”, explicou Amaury Vieira.

 

Na edição do ano passado, participaram alunos de duas escolas particulares – Curso G9 e Colégio Sagrado Coração de Jesus – e de seis escolhas municipais – Xavier Lisboa, Theodomiro Santiago, Antônio Salomon, Professor Carmo Cascardo, São Sebastião e São Vicente de Paulo. A apresentação final aconteceu no Teatro Municipal Christiane Riera. No repertório, canções dos compositores itajubenses Amaury Vieira, Gildes Bezerra, Plínio Leite, João Lúcio de Azevedo e Giovanni Guimarães.

Leia Mais
...
08 de junho de 2020

Laboratório Coral de Itajubá realiza encontro online em julho

\\r\\n\\r\\n
TOPO