Loader Image

NOTÍCIAS

Jardim II participa de atividade “teatro de sombras”

Os alunos do Jardim I (Turma E42) e Jardim II (Turma E52), das professoras Rejane Ribeiro de Lima e Rayssa Ribeiro de Lima, participaram de uma atividade muito divertida que estimula a criatividade, o desenvolvimento da oralidade e a motricidade das mãos: teatro de sombras.

 

Atrás de um pano branco e com as luzes apagadas as crianças ouviram a história "A casinha do Tatu", uma história bem-humorada que destaca as questões do respeito ao próximo, a amizade, a solidariedade e os direitos dos cidadãos. Após a contação, foi a vez dos alunos recontarem a história e usarem a imaginação.

 

Conheça mais sobre a Educação Infantil do Curso G9 no link: www.curso-g9.com.br/educacao-infantil

Leia Mais
...
09 de dezembro de 2021

Jardim II participa de atividade “teatro de sombras”

Turma do 7º ano trabalha conforto térmico em aula Lego

Alunos do 7º ano do Ensino Fundamental I (Turma F71) tiveram uma aula Lego com os professores Camila Aparecida dos Santos Pereira e Glauber Luz, com um objetivo específico: avaliar o impacto da iluminação no conforto térmico de um ambiente. Foi proposto que eles construíssem a casa e o sistema de iluminação, utilizando os kits apropriados para a atividade.

 

Com o projeto de cada equipe montado, fez-se a medição de temperatura do ambiente utilizando uma lâmpada comum e, depois, uma lâmpada de LED. “Eles perceberam que houve diferença de temperatura e, a partir daí, cada equipe elegeu qual delas proporcionaria o melhor conforto térmico”, explicou Glauber Luz.

 

De acordo com o professor, no caso em que os alunos classificaram como um caso de menor conforto térmico, cada grupo propôs uma adequação ao projeto, de modo a resolver o problema.

 

“Durante essa atividade, levamos os alunos a refletir sobre o que causa a diferença na temperatura ao usar os dois tipos de lâmpada; assim, puderam compreender um pouco mais o conceito de transformação e dissipação de energia”, completou.

 

LEGO

O material Lego é utilizado nas aulas regulares e de acordo com a proposta pedagógica de cada componente, da Educação Infantil à 2ª série do Ensino Médio. O projeto é uma parceria entre o Curso G9 e a Zoom Education For Life, empresa representante da Lego no país.

 

Clique e veja atividades na Educação Infantil, no Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e Ensino Médio.

Leia Mais
...
01 de dezembro de 2021

Turma do 7º ano trabalha conforto térmico em aula Lego

Avaliação na Educação Infantil: revelando o percurso das crianças

Jéssica Antunes Dias

Coordenadora da Educação Infantil

Quando pensamos na temática avaliação, geralmente, nossa memória educativa nos remete às provas, às notas e aos boletins. A forma como vivenciamos esse processo, muitas vezes doloroso, esculpe o que pensamos a respeito da avaliação. Felizmente, hoje, nossas crianças vivenciam uma proposta diferente da nossa experiência.

 

Por muito tempo, a avaliação na Educação Infantil foi baseada em uma adaptação de testes utilizadas no Ensino Fundamental. Era uma avaliação classificatória, que servia para identificar quem sabia e quem não sabia, não considerava e nem tornava visível o percurso de cada criança a partir de um olhar reflexivo sobre seu desenvolvimento e suas aprendizagens.

Princípios

A forma como a escola avalia seus alunos reflete claramente seus princípios. Sabemos que as crianças aprendem de formas diferentes, possuem suas particularidades e tem “tempos” de maturação biológica também diferentes. É justo, portanto, todos serem avaliados da mesma forma? Acreditamos que não.

 

A avaliação na Educação Infantil do Curso G9 busca valorizar o percurso de cada criança e é realizada por meio da observação, documentação e reflexão das vivências do aluno, utilizando procedimentos descritivos e narrativos centrados em como a criança aprende, processa informação, como constrói conhecimento e como resolve problemas.

 

A criança aprende brincando. Durante as atividades lúdicas ela interage com o grupo, com o meio físico e com seus próprios pensamentos, com a sua imaginação e suas representações do mundo real. Ao longo desse processo, o professor realiza intervenções para estimular que ela reestruture o seu conhecimento. Ao documentar esse processo com fotos, vídeos, transcrição de relatos e produções diversas dois aspectos importantes são favorecidos.

 

O primeiro é a análise do desenvolvimento dos alunos para que outras intervenções possam ser rapidamente realizadas pelo professor, a fim de mediar situações em que o aluno encontre alguma dificuldade, por exemplo. Consideramos o erro como uma importante etapa do processo de aprendizagem; na nossa escola, esse “bicho-papão” é visto de forma natural, sendo uma etapa que a criança perpassa no processo formativo. Ele fornece ao professor um importante sinal de que outras intervenções pedagógicas precisam ser realizadas. Nesse sentido, a avaliação não é pensada para classificar o aluno ou para medir o que se conseguiu aprender e sim para oferecer ao professor subsídios para a seleção de intervenções adequadas que contribuam para avanço de cada um.

 

O segundo aspecto favorecido pelo registro das vivências e das produções infantis é a autoavaliação. A partir da turma do Maternal II são propostas situações em que o aluno é levado a pensar sobre suas conquistas e sobre seus desafios. O momento de olhar para suas próprias produções, suas fotos e seus vídeos possibilita à criança identificar como desenhava, pintava, falava, corria, dançava e o leva a perceber se houve mudanças, como e porque elas aconteceram. Além disso, há momentos em que o aluno avalia o grupo e as atividades sugeridas.

Prática Constante

A lógica das crianças é divergente da lógica adulta, e é importante interpretar o que as crianças fazem e falam para compreendermos suas motivações. As falas das crianças fornecem preciosas pistas sobre suas ideias. Partindo do que elas pensam, dos seus interesses, curiosidades, dúvidas e dificuldades podemos desafiar o avanço dos seus conhecimentos com atividades interessantes e instigantes.

 

A avaliação é uma prática constante e permeia todo o processo de aprendizagem. A criança também deve participar desse processo, observando e escolhendo suas produções, relatando avanços e dificuldades.

 

Estimular a criança para que seja ativa no processo de avaliação a fará construir uma memória educativa, com certeza, diferente da nossa. Avaliação não é um ranking e nem um ato de punição, mas uma prática de reflexão individual, coletiva e permanente sobre a aprendizagem.

Saiba mais sobre a Educação Infantil neste link.

Leia Mais
...
11 de dezembro de 2020

Avaliação na Educação Infantil: revelando o percurso das crianças

Curso G9 conquista 3 títulos no Mineiro de Xadrez Escolar

Atletas do Curso G9 conquistaram dois títulos no Circuito Mineiro de Xadrez Escolar 2020, competição oficial da Federação Mineira de Xadrez (FMX). São eles: André Bernardo Britto, do 3º ano do Ensino Fundamental I, campeão da Categoria A; e Pedro Arango, da 2ª série do Ensino Médio, campeão da Categoria D.

 

O Curso G9 conquistou ainda o título de Melhor Escola da competição, que reuniu em torno de 500 alunos, de 70 escolas do Estado. A última e decisiva etapa aconteceu nos dias 28 e 29 de novembro. Todas as seis fases aconteceram de forma remota, com organização da Genius – Academia de Xadrez, de Itajubá. André Brito é mestre nacional pela Confederação Brasileira de Xadrez.

 

“Foram longos meses de muita disputa e de belas partidas para que finalmente conhecêssemos os campeões mineiros escolares de 2020. Os nossos atletas estão de parabéns pelo desempenho na competição, mostraram garra e dedicação, ainda mais neste ano atípico, com partidas online”, destacou o professor de Xadrez do Curso G9, Antônio Martins.

 

A entrega simbólica dos troféus e certificados será realizada neste sábado, 05 de dezembro, durante transmissão ao vivo pelo YouTube, que contará com a participação especial do Grande Mestre (GM) Krikor Sevag Mekhitarian. Para acompanhar o evento, basta acessar o link https://youtu.be/gu-Vosdl0vo

 

Circuito Mineiro

O Circuito foi disputado em cinco categorias: Melhor Escola: definida pela pontuação de seus respectivos alunos em cada uma das outras quatro categorias; Categoria A: disputada entre os alunos da Educação Infantil e 1º, 2º e 3º anos do Ensino Fundamental; Categoria B: envolveu os alunos do 4º, 5º e 6º anos do Ensino Fundamental; Categoria C: disputada entre os alunos do 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental; Categoria D: que reuniu alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio.

Leia Mais
...
30 de novembro de 2020

Curso G9 conquista 3 títulos no Mineiro de Xadrez Escolar

Curso G9 amplia Bright Futures para todo Ensino Fundamental I

O Curso G9 irá ampliar, a partir de 2021, o Bright Futures para as turmas do 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental I. Implantado em parceria com a Oxford University Press, o programa apresenta metodologia eficaz que resulta em melhora da pronúncia da Língua Inglesa e no desenvolvimento da consciência fonológica, da criatividade, do pensamento crítico, da colaboração e da comunicação.

 

A novidade foi tema de encontro virtual, realizado por meio de uma das plataformas do Google for Education, que reuniu pais, professores, coordenação pedagógica e direção do Curso G9, em 12 de novembro. O encontro contou com a participação das consultoras da Oxford University Press, Cláudia Lopes e Dannubia Oliveira.

 

“Estamos muito felizes em poder ampliar o programa as demais séries e, assim, concluir a implantação do Bright Futures em nosso segmento”, disse a coordenadora pedagógica, professora Nilceia Julliana Ribeiro de Carvalho Pereira. “Os alunos terão contato diário com o inglês, durante os cinco dias da semana letiva. Completou.

 

De acordo com Nilceia Ribeiro, no programa, a abordagem lúdica e natural integra arte, ciências, matemática, expressão corporal, tecnologias, brincadeiras, contação de histórias, com material didático próprio para vivência e conforto das crianças. “Em todas as aulas, as propostas são conduzidas em inglês através de comandos e exemplos para que os alunos pratiquem o idioma. Os alunos exploram temas, utilizando tecnologia, textos, imagens e vivências, o que permite o contato com a língua e a ampliação de conhecimento de mundo”, ressaltou.

PARCERIA

O Bright Futures foi implantado no Curso G9 no ano letivo de 2019, quando o aprendizado da Língua Inglesa passou a integrar o currículo das turmas do Maternal II (3 anos), do Jardim I (4 anos) e do Jardim II (5 anos) do Curso G9.

 

Em 2020, passou a incluir os alunos do 1º e do 2º anos do Ensino Fundamental I, por meio do Bright Futures, e as turmas do 6º ao 9º anos do Ensino Fundamental II, que contam com o programa Oxford Quality.

 

SOBRE A OXFORD

A Oxford University Press é um departamento da Universidade de Oxford. Ela dá suporte aos objetivos da universidade de excelência em pesquisa, educação e difusão do conhecimento por meio de suas publicações em todo o mundo. Os materiais da Oxford, incluindo as soluções para o ensino e aprendizagem de inglês, passam por um rigoroso processo de desenvolvimento e são submetidos a um rígido controle de qualidade e aprovação pela Universidade de Oxford.

 

INFORMAÇÕES

Mais informações sobre o programa e matrículas para 2021, entre em contato pelo telefone (35) 3623-1877 ou pelo e-mail marketing@cursog9.com.

 

Leia Mais
...
27 de novembro de 2020

Curso G9 amplia Bright Futures para todo Ensino Fundamental I

TOPO