Loader Image
Laboratorinho Coral reúne crianças de 8 escolas
22 de julho de 2019

No repertório, canções de compositores itajubenses: Amaury Vieira, Gildes Bezerra, Plínio Leite, João Lúcio e Giovanni Guimarães.

“O Laboratorinho Coral de Itajubá surgiu da necessidade de oferecer às crianças do município uma atividade no seu período de férias escolares, que lhes proporcionassem momentos de descontração e aprendizado de novas formas de cantar e se expressar através do canto coral”, explicou o maestro Amaury Vieira, da coordenação geral do Laboratório Coral. 

Nesta edição, participaram alunos de duas escolas particulares – Curso G9 e Colégio Sagrado Coração de Jesus – e de seis escolhas municipais – Xavier Lisboa, Theodomiro Santiago, Antônio Salomon, Professor Carmo Cascardo, São Sebastião e São Vicente de Paulo. 

As canções apresentadas pelas crianças e adolescentes foram: Trem sem freio, de João Lúcio Azevedo; Lua Quebrada, de Plínio Leite e Gildes Bezerra; Reluz, de Giovanni Guimarães; e Boa barba e baba bem, de Amaury Vieira e Gildes Bezerra.

Crianças e adolescentes de oito escolas públicas e particulares de Itajubá participaram da 4ª edição do Laboratorinho Coral, evento paralelo à realização do 29º Laboratório Coral – ambos, uma realização do Curso G9. 

A apresentação final do Laboratorinho aconteceu na sexta-feira, 19 de julho, no Teatro Municipal Christiane Riera. No repertório, canções dos seguintes compositores itajubenses: Amaury Vieira, Gildes Bezerra, Plínio Leite, João Lúcio de Azevedo e Giovanni Guimarães. 

“O Laboratorinho Coral de Itajubá vem para confirmar que a arte aliada à educação tem o poder de agregar, incluir e transformar uma sociedade. É um trabalho sério, desenvolvido por profissionais competentes e experientes, no qual o resultado se traduz na alegria de cada criança no palco”, resumiu a coordenadora do evento, Edileia Santiago. “É a certeza de que vale a pena investir e insistir na semeadura do canto coral desde pequeno, que nos faz acreditar, cada vez mais, no poder da arte aliada à educação”, completou. 

A preparação do grupo aconteceu, entre os dias 15 e 19 de julho, nas escolas municipais Xavier Lisboa e Theodomiro Santiago, sob a regência dos maestros Ana Luísa Machado Fernandes, Marina Machado, Fernandes e Paulo José Machado Fernandes; a direção cênica ficou sob a responsabilidade de César Augusto Pierini; e a coordenação de Edileia Santiago.

 

Laboratorinho




+ Ver Mais
19 de fevereiro de 2021

Seleção de bolsa para o Pré-vestibular...

... + Ver Mais
19 de fevereiro de 2021
Seleção de bolsa para o Pré-vestibular até 27/02
+ Ver Mais
12 de fevereiro de 2021

Curso G9 promove Semana de Planejamento...

... + Ver Mais
12 de fevereiro de 2021
Curso G9 promove Semana de Planejamento e Formação
+ Ver Mais
08 de fevereiro de 2021

Curso G9 cria Protocolo Sanitário...

... + Ver Mais
08 de fevereiro de 2021
Curso G9 cria Protocolo Sanitário em acordo com Minas Consciente
+ Ver Mais
04 de fevereiro de 2021

Curso G9 investe em estrutura...

... + Ver Mais
04 de fevereiro de 2021
Curso G9 investe em estrutura física e digital para 2021
TOPO