Seminários com maestros sul-americanos

11/09/2018

O Curso G9 realizou cinco seminários durante a semana da Feira do Conhecimento e do Ameride – Festival Internacional de Corais.

O Curso G9 realizou cinco seminários durante a semana da Feira do Conhecimento e do Ameride – Festival Internacional de Corais, que aconteceram simultaneamente na última semana de agosto. Os encontros pedagógicos tiveram como objetivo proporcionar a troca de experiência e de conhecimento, bem como servir de aproximação cultural entre os participantes, uma vez que os palestrantes foram de países que participaram do Ameride. 

A Feira do Conhecimento de 2018 teve como tema “Guimarães Rosa: Uma travessia que não se acaba” e teve a duração de uma semana – entre os dias 27 e 31 de agosto. Já o Ameride, que está em sua sétima edição, reuniu 25 corais de seis países latino-americanos, incluindo o Brasil. 

Refugiados Venezuelanos

O primeiro seminário abordou uma tema atual e polêmico: “A Crise de Refugiados Venezuelanos”, que teve como convidado especial o maestro venezuelano, Dr. Alexander Albarrán, diretor geral do Ameride 2018. O seminário, voltado apenas aos alunos do Curso G9, foi realizado na própria escola, em 23 de agosto. 

O segundo seminário, que foi voltado para o 3º anos no Ensino Médio e Pré Vestibular, abordou a atual crise geral da Venezuela, ocorrido em 24 de agosto. 

Durante a conversa, Alexander fez um contexto geral da crise que atinge seu país e apontou fatores que contribuíram para a “fuga” dos venezuelanos em direção a outros país sul americanos, como o Brasil  - eles chegam ao país por Roraima. 

“A fome, a insegurança e o medo não são os únicos problemas que, nós, os venezuelanos enfrentamos nesse momento tão difícil”, disse. Ele disse que outro problema igualmente preocupante é a xenofobia, que é o medo, aversão ou a profunda antipatia em relação aos estrangeiros. “Não devemos nos calar se virmos atitudes xenofóbicas ou racistas acontecendo. Precisamos estar juntos e apoiar os que estão passando por alguma dificuldade”, completou.

Ameride 2018

Outros dois seminários tiveram como público-alvo os alunos do Curso G9 e pessoas que participaram do Ameride 2018. Os encontros aconteceram, em 29 de agosto, no Teatro Municipal Cristiane Riêra. Um dos temas abordados foi a “Música como Profissão na América Latina” e reuniu maestros de diversos países, que contaram um pouco sobre sua experiência profissional em seus países. O outro foi sobre “Cultura Latino-americana”. 

Para a maestrina Maria Olga, da Colômbia, “trabalhar com a música é um chamado”. “Não é o dinheiro que te move a trabalhar com isso, é o amor pela música e a vontade de compartilhar experiências e sentimentos que mantém o desejo pela profissão, apesar de todos os esforços e sacrifícios necessários para atingir seus objetivos”, destacou. 

O seminário que veio a seguir também contou com uma mesa repleta de maestros latino-americanos. Eles apresentaram seu país de origem, falaram sobre a cultura de seu povo, as atrações turísticas e algumas curiosidades sobre sua terra. O seminário despertou o interesse dos que assistiam, que ficaram curiosos e fizeram diversas perguntas aos maestros na mesa.

Feira do Conhecimento

Por fim, aconteceu o seminário “A Musicalização da Poesia Latino-Americana: João Guimarães Rosa na Música”, em 30 de agosto. Essa palestra foi um complemento à Feira do Conhecimento do Curso G9 e teve a participação de alunos do e Ensino Médio. 

“Guimarães Rosa nos inspira a pesquisar mais sobre o que temos interesse”, contou Maestrina e Professora Universitária Andy Cris Carvalho, que ministrou o seminário. Durante a conversa, diversas obras da música erudita e popular foram citadas, pois influenciaram Guimarães ou foram influenciadas pela obra roseana.

Fonte: Agencia Contexto



Voltar

Curso G9

Curso G9

Endereço

Avenida Doutor Jerson Dias, 175
Estiva - CEP 37500-279
Itajubá - MG

Telefone: (35) 3623-1877